CÂMARA PROMOVE AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE DEVERÁ DAR NOVOS RUMOS À QUESTÃO DA PROTEÇÃO ANIMAL NO MUNICÍPIO

A Câmara de Vereadores de Poço Fundo promoveu, no final da tarde desta segunda-feira (16), uma Audiência Pública sobre o tema “Proteção Animal”. A reunião contou com a presença de diversas pessoas e de integrantes da ONG (Organização Não-Governamental) Proteção Animal. Representantes das Associações Quatro Patas (Machado) e Anjos de Patas (Alfenas) também participaram do evento e expuseram suas lutas e conquistas perante o recorrente problema do abandono de cães e gatos nas cidades. Propostas para punir quem maltrata, solta ou extermina animais no município foram apresentadas e deverão compor um projeto de lei do Legislativo, que, posteriormente, poderá ser encaminhado ao Executivo para sanção.

A matéria completa, com detalhes e os resultados deste acontecimento, você confere na próxima edição do JPF, que será publicada no dia 21 (sábado).

 

POLÍCIA PRENDE HOMEM QUE ESTAVA FURTANDO CASAS E ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DE POÇO FUNDO

Um homem de 45 anos foi detido, nesta quarta-feira (11), pela Polícia Civil, no Centro. Ele estava com dois celulares, furtados na mesma data.

Ewaldo Vilas Boas é natural de Machado, mas estava residindo em Poço Fundo, após ter passado por tratamento em uma clínica de dependentes químicos.

As buscas pelo suspeito começaram com a Polícia Militar, que intensificou o rastreamento pela cidade e acabou ganhando o reforço da Polícia Civil na caçada.

Localizado, o rapaz foi preso em flagrante e, agora, será encaminhado ao Presídio de Machado.

A reportagem do JPF acompanha o caso de perto e todos os detalhes sobre este caso serão repassados em nossa próxima edição impressa.

Em tempo: as pessoas que se tornaram-se vítimas do larápio podem comparecer à Delegacia,munidas de documentos, para reaver seus bens.

FENÔMENO LUNAR É REGISTRADO NO CÉU DO SUL DE MINAS

A formação de um fenômeno chamado halo lunar foi registrado na noite deste domingo (1), no céu do Sul de Minas.

O círculo em volta da lua chamou a atenção de muitas pessoas e fez com que várias hipóteses fossem levantadas para o seu aparecimento, como a chegada do apocalipse ou o fim do mundo.

No entanto, ao fazer uma pesquisa minuciosa sobre o assunto, a equipe do JPF descobriu que o halo acontece quando nuvens de gelo atravessam em frente a lua e formam o círculo branco visto. O fenômeno é comum e pode se formar também ao redor do sol, refletindo um círculo com várias cores.

O anel de luz se forma a 5-10 quilômetros (3-6 milhas) na troposfera superior. A forma e a orientação particulares dos cristais são responsáveis para o tipo de halo observado. A luz é refletida e refratada pelos cristais de gelo e pode dividir-se em cores por causa da dispersão, semelhante ao arco-íris.

Para as antigas gerações, o fenômeno representa a chegada de temporais e foi responsável até pela criação de um ditado popular: “círculo longe, chuva perto”.