TENTATIVA DE ASSALTO A SUPERMERCADO

Um supermercado situado nas proximidades da Escola Estadual Dr. Lélio de Almeida foi invadido na manhã deste domingo (26).

Segundo informações preliminares, os ladrões chegaram ao estabelecimento para tentar roubar os caixas.

Ainda segundo os primeiros levantamentos, houve disparos de arma de fogo no local e uma das balas atingiu uma vidraça. Nenhuma pessoa presente se feriu.

A Polícia Militar foi acionada e está em rastreamento em busca dos suspeitos.

Mais detalhes você confere na próxima edição do JPF.

IMG_3497

PASSEATA EM PROTESTO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Os professores das escolas estaduais de Poço Fundo, Dr. Lélio de Almeida, José Bonifácio e São Marcos, e alguns estudantes promoveram, na manhã desta sexta-feira (24), uma passeata em protesto à PEC 287, que determina a Reforma da Previdência.

A concentração inicial se deu em frente ao Fórum. Depois, os profissionais da Educação, que se encontram em greve, seguiram em cortejo pelas ruas da cidade.

O movimento começou no último dia 15 (quarta-feira), quando todos aderiram ao Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência, desencadeado pelos professores da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais. A paralisação será mantida até o dia 28 (terça-feira), quando será votada a PEC 287 (Reforma da Previdência). Consequentemente, as aulas nos estabelecimentos citados ficam suspensas até a referida data.

Mais detalhes oriundos da greve você confere na próxima edição do JPF.

IMG_3415

PROFESSORES DECIDEM MANTER A GREVE

Os professores das escolas estaduais de Poço Fundo, Dr. Lélio de Almeida, José Bonifácio e São Marcos, decidiram manter a greve, após reunião realizada na manhã de hoje (21), no Coreto da Praça São Francisco. O movimento começou no último dia 15 (quarta-feira), quando todos aderiram ao Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência, desencadeado pelos professores da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais. A paralisação será mantida até o dia 28 (terça-feira), quando será votada a PEC 287 (Reforma da Previdência). Consequentemente, as aulas nos estabelecimentos citados ficam suspensas até a referida data.

No encontro também ficou decidido que será realizada uma passeata, seguida de ato público, no dia 24 (sexta-feira), a partir das 9 horas, com concentração em frente ao Fórum.
Depois, os presentes participarão de nova assembleia para definir o cronograma de semana que vem.

Mais detalhes oriundos da greve você confere na próxima edição do JPF.

Foto: redes sociais

Foto: redes sociais