MOTORISTA EMBRIAGADO DESTRÓI MURO DE RESIDÊNCIA

Um motorista sem habilitação e embriagado atingiu o muro de uma residência de esquina da Rua São Vicente, no bairro São José, no inicio da tarde desta quinta-feira (30).  Felizmente, ninguém se feriu.

O homem, que afirma ter 55 anos e trabalhar na Guarda Civil de Pouso Alegre, ainda teria discutido com PM´s e foi preso em flagrante. Ele não se conformava por ter sido algemado e diante de nossa reportagem reclamava veementemente da ação policial, mesmo admitindo que estava alcoolizado. No carro, havia uma pequena garrafa de plástico com cachaça.
Detalhes na próxima edição do JPF.

 

CORREIOS DE POÇO FUNDO É NOVAMENTE ASSALTADO

Dois bandidos assaltaram a agência dos Correios de Poço Fundo  na manhã desta quinta-feira (30). Os meliantes levaram dinheiro e celulares de clientes, além do que havia nas gavetas da instituição. A fuga, segundo testemunhas, aconteceu num carro branco, provavelmente um Honda ou Corolla, com placas de Campinas e dirigido por uma mulher (provavelmente um carro roubado na quarta-feira (29) em Monte Belo, com placas FIN 5800). A Policia está em rastreamento e qualquer pista pode ser repassada ao 190.

 

IDOSO É ASSASSINADO A PAULADAS EM CARVALHÓPOLIS

Um homem foi brutalmente atacado a pauladas, provavelmente na noite deste domingo (26), numa casa usada como galpão em sua propriedade na zona rural de Carvalhópólis. Sebastião Lourenço de Carvalho (67) chegou a ser socorrido com vida ao Pronto Atendimento de Machado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta segunda-feira (27).
José Cesário (60 anos), um arrendatário da propriedade da vitima, acionou a Policia Militar, afirmando que encontrou Sebastião agonizando. Os militares, por sua vez, chamaram a ambulãncia da Secretaria de Saúde do município para efetuar o socorro. Horas depois, o óbito foi declarado.
As investigações começaram imediatamente, e não demorou para que testemunhas apontassem o primeiro suspeito: exatamente José Cesário. Familiares afirmavam que o arrendatário se aproveitava da vítima, e teria havido uma discussão na noite de domingo entre eles no local. Ainda sem saber que era suspeito, e tratado como testemunha, o autor concedeu entrevista à nossa reportagem, junto com o filho adolescente (que teria preseenciado o crime). Em sua fala, ele chegou a dizer que queria ter salvado a vida de “seu amigo”. No entanto, diante do competente delegado Juliano do Lago, acabou confessando o que havia feito de fato.
Continuamos acompanhando o caso e você terá mais detalhes nas edições do grupo JPF.