VIAS ESCORREGADIAS

Algumas áreas da zona rural de Poço Fundo já começaram a sentir os efeitos negativos da chuva que (felizmente) tem caído sobre a região. Moradores da área da Bocaina, por exemplo, enviaram algumas fotos da estrada que corta a comunidade, para mostrar o sufoco que é transitar por ela.
Segundo os reclamantes, foram feitos pedidos para cascalhamento da via antes da chegada das tempestades, mas as reivindicações não foram atendidas.
Agora, com o tempo firme, todos esperam que alguma providência seja tomada, antes que voltem as precipitações.

 

AQUAPLANAGEM VOLTA A SER CAUSA DE ACIDENTE NA MG 179

Já é algo até esperado. Em alguns pontos da rodovia MG 179, basta chover um pouco mais forte para que a ocorrência de aquaplanagens se torne uma grande possibilidade, especialmente no setor do município de Poço Fundo.
Foi exatamente o que aconteceu nesta quarta-feira (26), nas proximidades do Clube dos Veteranos. Um Toyota Corolla, que trafegava sentido a Machado, passou por uma lâmina de água durante a forte tormenta que caiu sobre a região na parte da tarde, e o motorista simplesmente virou passageiro. O carro atravessou a pista e foi parar num buraco na margem contrária à que ele seguia.
O condutor, que é de Carvalhópolis, se feriu levemente, e foi levado para o Pronto Atendimento pela equipe de socorro do Hospital de Gimirim, para avaliações.
Detalhes em nossa próxima edição do JPF.

CACHORRO É MORTO DURANTE INVASÃO DA AFUP

A sede da AFUP (Associação dos Funcionários da Prefeitura de Poço Fundo) foi invadida na madrugada desta quarta-feira (26). Nada foi levado, mas um cachorro foi morto após provavelmente atacar o invasor. Ao que tudo indica, o bandido entrou por uma janela, saiu pela porta da frente, e foi surpreendido quando fugia.
A animal pertence à irmã da zeladora do local, que mora nas proximidades. Embora não fosse utilizado como cão de guarda, segundo sua dona costumava ficar agressivo ao perceber qualquer movimento na área do salão à noite, e entrava no terreno já pronto para o ataque.
Como havia pouco sangue no local, a suspeita é de que o cão tenha sido morto com um só golpe de algum instrumento contundente, faca ou tiro com arma de baixo calibre, embora ninguém tenha ouvido som de disparo na madrugada.
A Policia Militar esteve no local e as apurações ainda estão em andamento.