EX-SECRETÁRIO DENUNCIA DESRESPEITO A PACIENTES POR PARTE DE MÉDICO

O enfermeiro e ex-secretário de Saúde de Poço Fundo, João Batista Ferreira, acionou nossa reportagem para fazer uma reclamação formal contra o médico plantonista deste domingo (30) no Pronto Atendimento Municipal. Segundo ele, o profissional estaria deixando de atender pacientes em tempo hábil, usando como desculpa o protocolo de Manchester (que define a gravidade de cada situação e o tempo máximo que uma pessoa pode esperar pela consulta), mesmo quando não havia demanda que justificasse a atitude, e ainda por cima deixou sua irmã, que apresentava um quadro de náuseas e vômitos, esperando além do tempo estimado. “O protocolo de Manchester define quem precisa de cuidados mais imediatos, mas se não há casos graves, é injustificável deixar os outros esperando sem explicação alguma. A triagem foi muito bem feita pelo serviço de enfermagem, mas a disposição do plantonista deixou muito a desejar”.
Para piorar ainda mais o caso, o médico ainda teria desrespeitado a mãe da paciente quando ela, com autorização de funcionários, foi solicitar o atendimento devido. “Somente após isso é que ele resolveu atender minha irmã, que agora está sendo devidamente medicada, e chamou outros pacientes, que esperaram horas sem necessidade enquanto ele ficava no quarto. Só que aí muitos deles já tinham até ido embora. Por isso resolvi dar esse depoimento e pedir às autoridades que tomem providências quanto a isso. Não estou falando da qualidade dele como médico, mas desta forma desrespeitosa com que os pacientes são tratados. Isso tem que acabar”.
De acordo com informações colhidas por nossa equipe, a familia estava disposta a também confeccionar um Boletim de Ocorrência, denunciando a atitude do profissional.
Estamos fazendo os devidos levantamentos e você terá detalhes da entrevista com o reclamante, com a versão do Pronto Atendimento, em nossa próxima edição do JPF.

ÓPERA DA CIDADE PRETA REPETE SUCESSO DA ESTRÉIA

O espetáculo musical “A Ópera da Cidade Preta” voltou a encantar o público neste sábado (29). Depois da impressionante repercussão positiva após a estréia, em Alfenas, cerca de 200 espectadores fizeram questão de ir ao belo Teatro do Colégio Imaculada Conceição (CIC), em Machado, para apreciar a peça, que não só revela promissores talentos da região, como também a grande criatividade e sensibilidade do seu autor e diretor, o poeta e músico Bruno de Souza.
Só podia terminar como terminou, com uma calorosa salva de palmas, de acordo com o figurino dos grandes sucessos. E este, com certeza, ainda será mostrado a muitos outros públicos.
Detalhes sobre a apresentação nas próximas publicações do grupo JPF.

 

 

ESGOTO URBANO NO QUINTAL

Ter a rede de esgoto de todo um bairro passando por baixo da residência já é algo preocupante, mas ter água suja e detritos retornando para o quintal por conta de entupimentos é ainda pior. Pois este é o transtorno que tem sido enfrentado há vários dias pela dona de casa Hilda Corsini, na avenida João Gonçalves de Lima.
Segundo a moradora, o problema começou há cerca de uma semana, e sua família tem passado por momentos pra lá de desagradáveis desde então. “Não bastasse a gente ficar ouvindo o som de ratos passando debaixo de nosso terreno todos os dias, especialmente nos mais quentes, ainda temos que enfrentar isso várias vezes por ano, principalmente quando chove. Alguma solução tem que surgir”, reclama.
Entramos em contato com a prefeitura, e a informação obtida foi de que já estava agendado um trabalho de desentupimento no local para este sábado (29), logo de manhã. Continuamos acompanhando o caso.